6 ANOS DE BLOGUE!

6 ANOS DE BLOGUE!
Obrigada a todos os Visitantes, Seguidores e Amigos!

sábado, 29 de maio de 2010

A Aranha escritora

Meddybemps.com é um sítio da Internet criado há já 15 anos. Pelas imagens, é fácil perceber que foi criado em 31 de Outubro: data em que se celebra o Dia das Bruxas. Com muita imaginação, este é, na minha opinião, um óptimo recurso para pais e professores. A iniciação à escrita passa muito pela visualização, o que é, só por si, um reforço das aprendizagens.


Watch Spinner, a aranha escritora escreve as letras do alfabeto. Ela é um bom modelo a seguir pois é incansável e perseverante.

Este programa permite igualmente que a criança, com a ajuda do rato do computador, desenhe, no próprio programa, a mesma letra que a aranha, copiando os movimentos dela. Clica-se em Alphabet Practice Pad, ajusta-se o tamanho das janelas, de forma a ficarem lado a lado no ecrã do computador e, depois, é só repetir os movimentos de escrita. Também é fácil repetir a tarefa pois rapidamente se apaga o exercício do aluno e a aranha repete tudo as vezes que nós precisarmos.
Inconvenientes: Ser em língua inglesa e depender do uso do rato, o que pode ser difícil para alguns dos nossos alunos.
Vantagens: Estimula a memória visual, o domínio do gesto, a estruturação espacial, e orientação temporal, no que diz respeito à escrita das primeiras letras.
Na minha opinião, este recurso só é vantajoso a par da realização de exercícios de pré-escrita e de grafismo, em suporte papel ou na lousa, e do treino e domínio do gesto e do instrumento de escrita ou desenho (pincel, lápis de carvão, lápis de cor, marcador, caneta, pau de giz).
Em todo este processo de aprendizagem, parece-me que este recurso será útil na percepção e na compreensão da imagem a reproduzir. O recurso ao programa pode resultar, numa primeira etapa, pois a criança visualiza os movimentos de motores que terá de reproduzir , para, depois, treinar no papel/lousa, ou até mesmo o contrário. Dependerá do contexto. O que me parece contraproducente é o seu uso isolado. Mesmo para crianças que tenham facilidade no uso do rato, não é vantajoso valorizar a precisão (ou não) do traço neste programa, mas, sim, em suporte papel. Aí, sim, deverá ser dado um reforço positivo, explicando-se:
- uma direcção gráfica (escrevemos horizontalmente da esquerda para a direita);
- as noções de cima/baixo (n/u), de esquerda/direita, de oblíquas/curvas (g);
- a noção de antes e depois, sem o que a criança não inicia o seu gesto no lugar correcto (Webgrafia: http://www.lucianaalves.hpg.ig.com.br/psicomotricidade.htm).

Sem comentários:

Enviar um comentário