sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Presépio de Natal

O António e o J.P., da E.B.1 do Pinheiro, têm andado muito atarefados com as decorações natalícias da escola.
Lembraram-se que faltava ainda um presépio para participar no concurso da escola e, para o montar, usámos os moldes que se seguem.
Molde 1

Molde 2

Molde 3





Depois de colorirem os moldes, recortaram todas as figuras e colaram uma a uma em rolos de papel higiénico reciclado, para lhes dar forma e suporte. De seguida, todos os rolos foram colados numa cartolina A4. Cortaram e colaram ráfia amarela para decorar a manjedoura e improvisaram uma estrela.


Finalmente, o trabalho foi exposto, deixando os seus autores muito orgulhosos. Parabéns!!

Trabalho final



Objetivo da atividade: manusear diferentes materiais e técnicas, controlar a coordenação óculo-manual, desenvolver a motricidade fina, estimular a comunicação compreensiva, desenvolver a estruturação espacial, desenvolver o sentido estético, desenvolver a capacidade de preparar, iniciar e organizar o tempo e o espaço necessários à realização de uma tarefa complexa, de forma a conseguir finalizá-la.

Tocam os sinos em Belém!

A decoração da árvore de Natal da escola já é tradição na E.B.1 do Pinheiro, estando prevista no PCT da turma do 3º ano. E, por isso, colaborámos, de novo, dando o nosso melhor!




Reciclámos cápsulas de café que foram pintadas, simulando sinos natalícios. Depois, decorámos a árvore da escola com alegria. Dou, desde já, os parabéns aos alunos António e J.P. pelo empenho e trabalho.





Objetivo da atividade: manusear diferentes materiais e técnicas, controlar a coordenação óculo-manual, desenvolver a motricidade fina, estimular a comunicação compreensiva, desenvolver a estruturação espacial,  desenvolver o sentido estético, desenvolver a capacidade de preparar, iniciar e organizar o tempo e o espaço necessários à realização de uma tarefa complexa, de forma a conseguir finalizá-la.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Projeto "Da terra para a mesa" (PAAE de 2011/2012)

No dia 28 de Novembro, na E.B.1 da Senhora do Monte, os alunos da turma do 3º ano visitaram um moinho elétrico em casa de um particular. Trata-se da avó e da bisavó de um aluno nosso que, com a maior gentileza, nos abriram as portas de sua casa para mostrar às crianças como são moídos os grãos de milho e como o arroz é separado da sua casca, bem como para explicar as  diversas aplicações dos cereais na nossa alimentação. O percurso foi feito a pé pelas ruas Outonais de Salreu, o que permitiu aos alunos identificar e dialogar sobre os legumes e as árvores de fruto presentes nos quintais da vizinhança, partilhando-se experiências pessoais.

"O melhor pão é o de casa!"
Um dos moinhos elétricos
O percurso
A minha intervenção, consistiu em dar apoio personalizado individual aos alunos FranK P. e Paulo C., ao nível da autonomia pessoal e da gestão comportamental. A atividade decorreu muito bem pois os alunos conseguiram gerir a ansiedade e o comportamento, bem como manter a atenção/concentração. Estão de parabéns!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Top 5 do Parque de Estacionamento

Face ao entusiasmo dos alunos por este jogo on line e tendo em conta as suas potencialidades no âmbito do desenvolvimento do raciocínio/resolução de problemas, da memória e da capacidade de atenção/concentração, acabou por surgir, naturalmente, uma competição saudável entre eles. Daí o "Top 5" onde vou registando os melhores resultados dos alunos. As reações dos alunos têm sido muito positivas e muitos acedem ao jogo a partir de casa para tentar solucionar os seus 60 níveis.


"Gosto deste jogo on line porque dá para pensar e é divertido. Como não é preciso começar tudo de novo, não cansa. Estou contente com o meu terceiro lugar mas sei que consigo chegar ao primeiro!"
                                                                                                                                              Rui L., 6º ano


Poderá encontrar o jogo neste blogue em "Recursos..." com a etiqueta Estratégia: Parque de Estacionamento (Yellow out da Solutions).

Objetivos do Top 5:  promover a adesão e a manutenção da tarefa, promover atividades potenciadoras do raciocínio/resolução de problemas, da memória e da capacidade de atenção/concentração, encorajar uma atitude positiva, promover a auto-estima, dar a oportunidade ao aluno de sobressair positivamente face ao grupo-turma/ comunidade escolar.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

DISPARATES... por Ana M. e Frank P.


"Em Educação Especial, estive, com  o meu colega Frank, a descobrir disparates em pequenas histórias. Gostei muito desta atividade porque foi divertida  e pude competir com o meu colega."
                                                                                                                                                       Ana M.

"Quem descobrisse primeiro o disparate, punha o dedo no ar. Quem respondesse primeiro, ia ao quadro escrever. Foi  uma atividade gira."
                                                                                                                                                       Frank P.
                                                                                                                                                        
Passo a apresentar um excerto do trabalho dos alunos:
"1. O António deu um grande salto por cima da sua sombra.
Disparate: a nossa sombra é o nosso reflexo e, por isso, mexe-se como nós. Logo, não podemos saltar por cima dela.
2.O Cristo-rei, já cansado de estar de braços abertos bateu as palmas.
Explicação do disparate: o Cristo-rei não pode bater palmas porque é uma estátua.
3. Um enxame de ovelhas voava de flor em flor.
Explicação do disparate: deverá ser antes: “Um enxame de abelhas voava de flor em flor.”
4. Um homem estava todo nu com uma faca na algibeira.
Explicação do disparate: um homem nu não tem algibeiras pois estas fazem parte do vestuário.
5. Quanto mais o sol brilhava mais de noite se fazia.
Explicação do disparate: o Sol só é visível durante o dia. (...)"

A etapa seguinte consistiu em pedir aos alunos que ilustrassem um dos "disparates" com um desenho da sua autoria. Depois, mostrá-lo-iam ao colega para que o tentasse identificar.

Trabalho do aluno Frank P. do 3º ano (Disparate 1)

Trabalho da aluna Ana M. do 4º ano (Disparate 2)



Objetivos da Atividade: desenvolver a compreensão leitora, desenvolver a capacidade de abstração/raciocínio, promover a adesão e a manutenção da tarefa escrita e desenhar de acordo com instruções escritas.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Os super sorrisos!

No dia 15 de Novembro, na E.B.1 do Pinheiro, assistimos a uma palestra sobre higiene oral. A minha intervenção, consistiu em dar apoio personalizado individual aos alunos António J. e João P., ao nível da autonomia pessoal, da mobilidade e da gestão comportamental.
De forma a dar continuidade à mesma temática, pedi aos alunos que desenhassem numa folha exemplos de hábitos saudáveis, bem como alguns alimentos "bons" e "maus" para a saúde dos nossos dentes. A atividade foi feita em trabalho de pares, de forma orientada e a partir de pequenas etapas.
Trabalho do aluno António J., do 2º ano

Trabalho do aluno J.P. , do 3º ano

Objetivos da atividade: utilizar a memória para a recuperação de informação, desenhar para veicular uma mensagem; adquirir competências funcionais.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Vamos fazer exercício!

A E.B.1 do Pinheiro tem um espaço exterior bastante grande, propício a jogos e brincadeiras... quando o tempo ajuda, claro! 
Assim, preparámos um percurso colocando, no chão, duas varas com uma pequena altura e alguns pinos ou mecos em linha reta. Se não tiveres os tais mecos, podes usar como obstáculo o que tu quiseres: garrafas de plástico, baldes ou outros objetos do género. O que tens de fazer é contornar os obstáculos, ou seja, em corrida rápida, tens de andar aos SS à volta dos obstáculos ou saltar por cima dos mesmos sem deitar nenhum ao chão. Podes tentar as vezes que quiseres até conseguires.

O J.P. e o António competiram um com o outro de forma saudável e, após este aquecimento, já estavam prontos para o futebol! Mas sempre sem esquecer as regras de segurança.




Objetivos da actividade: correr, contornando obstáculos, desenvolver a capacidade de equilíbrio, saltar uma pequena altura, desenvolver a lateralidade.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Caixa da Amabilidade

Para reforçar e premiar os comportamentos positivos do aluno, construímos, em conjunto, a “Caixa da Amabilidade”, para a qual o aluno contribui, de forma consistente e rotineira, com pequenas reflexões escritas sobre atitudes de amabilidade que teve para com alguém. Desta forma, pretendo, igualmente, encorajar uma atitude positiva e ensinar a visualização positiva, bem como promover a autoestima.

Caixa da Amabilidade: Rui Leite do 6º ano

Caixa das Preocupações

Para encorajar a expressão de emoções e de preocupações, bem como encorajar a aluna a pedir ajuda quando necessita, elaborei, em conjunto com a mesma, a “Caixa das Preocupações”, para a qual a aluna contribui, de forma consistente e rotineira, com pequenas reflexões escritas sobre preocupações/problemas do dia-a-dia, refletindo sobre a forma de os resolver, soluções que passam pela colaboração da diretora de turma e da família. Desta forma, pretendo, igualmente, compreender melhor a aluna, encorajar uma atitude positiva/ ensinar a visualização positiva, bem como promover a autoestima.
De forma a exemplificar a utilidade da referida caixa, a aluna selecionou uma das suas reflexões, melhorou a sua expressão escrita e praticou a escrita no teclado do computador, de forma a publicá-la aqui:


" Tenho recebido mensagens escritas, anónimas, no meu telemóvel. Esta situação preocupa-me pois já no ano passado me aconteceu a mesma coisa. No ano passado, fui à Vodafone para tentar descobrir quem era o autor das mensagens. Como não consegui, acabei por mudar o meu número de telemóvel. Este ano, se a situação continuar, volto a fazer o mesmo.


Solução: Só dar o meu número de telemóvel a quem for conhecido e de confiança. Contar o sucedido à minha diretora de turma e aos meus pais. Não responder às mensagens para não alimentar quaisquer expetativas do autor".

Caixa das Preocupações: aluna do 6º ano

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Bullying na escola

A partir de uma pesquisa orientada na Internet sobre Bullying, procurei ensinar competências que ajudem o aluno a resolver conflitos, a ter mais confiança em si próprio e nos outros, a gerir a raiva, a fazer amigos e a ser mais assertivo, usando situações do quotidiano como ponto de referência e sempre com a colaboração da diretora de turma e da família.


terça-feira, 1 de novembro de 2011

O Jogo dos Vampiros

Um jogo temático, alusivo a esta data festiva, foi a estratégia utilizada para se desenvolverem várias competências específicas. Serviu de motivação para a leitura de enunciados escritos, uma tarefa a que nem sempre os alunos aderem com facilidade, e para aprender a seguir instruções escritas. Para além disso, o trabalho de pares ajudou a desenvolver competências sociais e de comunicação.

E.B.1 da Sr.ª do Monte

Objetivos da atividade: aumentar os períodos de atenção/concentração, promover a adesão a tarefas que impliquem leitura, promover a velocidade da leitura e a compreensão leitora, desenvolver a capacidade de seguir instruções escritas; desenvolver competências de comunicação e de sociabilização.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Um fantasma ASSUSTADOOOOR

A Ana, do J.I., esteve a rebentar aquelas bolinhas que encontramos, muitas vezes, dentro de embalagens de cartão, numa película que envolve objetos frágeis. Não foi nada fácil, mas lá lhe achámos o jeito e, no meio de tanto rebentamento e risota,  contribuiu-se para o aumentar o controlo da motricidade fina e da força dos dedos.
Como ficou tudo muito bem amassadinho, lembrámo-nos de usar essa película como "recheio" do nosso fantasma. Usámos tecido,  cordel e uma caneta. E até conseguimos dar um nó!




A Ana está de parabéns pelo seu trabalho e por ter estado tão atenta ao longo da tarefa!

Perceção e Memória

Após o visionamento da história da Bruxa Mimi, a Sara, do 5º ano, desenhou, de memória, numa folha branca, as transformações sofridas pelo gato da bruxa, todo preto até então, e pela sua casa, igualmente preta. A Sara teve muita dificuldade em concentrar-se na tarefa de desenho, mas, com um pouco de esforço, lá acabou por concluí-la. Fez uso da memória para recordar factos lidos anteriormente, com suporte visual. Está de parabéns, não acham?
Trabalho da aluna Sara C. do 5º A

Trabalho da aluna Sara C., do 5º A
Objetivos: concentrar e manter a atenção de forma a ser capaz de realizar e terminar uma atividade com duas etapas, concentrar e manter a atenção de forma a ser capaz de terminar a tarefa, fazer uso da memória para recordar informação lida, fazer uso da perceção e da memória visual, fazer uso da memória para desenhar.

A poção mágica da bruxa Mimi

O alunos Frank e Ana M. da E.B.1 da Sr.ª do Monte realizaram algumas atividades temáticas. O dia das Bruxas serviu de motivação para a leitura e interpretação da história "A bruxa Mimi", bem como para a redação dos ingredientes de uma poção mágica:
   
                                              Poção Muda-tudo
Junta-se num caldeirão a ferver:
. dois olhos de morcego;
. brilho de lua cheia q.b.;
. hálito de coruja q.b.;
. dois dentes de vampiro;
. 2dl de veneno de cobra;
. um choque de enguia elétrica.
- uma pitada de raios de sol.

Mexe-se durante duas horas até se obter uma poção preta.
Deitar uma gota em tudo o que se quiser mudar... para melhor!


Objetivos da atividade: desenvolver competências de leitura e de escrita, desenvolver a criatividade, promover a adesão e a manutenção da tarefa escrita, desenvolver competências sociais (trabalho de pares).

31 de Outubro: Dia das Bruxas!


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Mãos à obra!

Pusemos mãos à obra na Sr.ª do Monte e construímos a nossa própria lagartinha comilona.



Objetivos da atividade: controlar a coordenação óculo-manual, estimular a comunicação compreensiva, desenvolver o sentido estético, aumentar os tempos de atenção/concentração, desenvolver a capacidade de preparar, iniciar e organizar o tempo e o espaço necessários à realização de uma tarefa complexa, de forma a conseguir finalizá-la.

domingo, 16 de outubro de 2011

16 de Outubro: Dia Mundial da Alimentação

A leitura da história "A Lagartinha comilona" de Eric Carle, permite-nos fazer diversas descobertas:

  • os dias da semana e a sua sequência
  • contagens até cinco
  • os números até cinco, associando-os à quantidade que representam
  • explorar sabores dos diversos frutos e fazer jogos sensoriais
  • alimentos saudáveis e não saudáveis
  • simetria das asas da borboleta
  • ciclo de vida da borboleta
  • sequências lógicas
                                                                 A lagartinha comilona

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Semana da Química põe estudantes a descobrir esta ciência

As empresas Air Liquide, AQP, Cires, CUF e Dow, em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja,  promovem esta semana – 11 a 14 de Outubro – uma iniciativa dedicada à química. A Semana da Química  está a decorrer no Cine-Teatro de Estarreja e destina-se a todos os alunos das escolas do concelho de Estarreja, do 1º ciclo ao 12º ano. O objectivo é sensibilizar os jovens para a descoberta desta ciência, que também se pode aprender fora da sala de aula.
Produzido e encenado pela Fábrica – Centro Ciência Viva, da Universidade de Aveiro, e intitulado “Química por Tabela 2.0”, o espetáculo demonstra como a química interage connosco, fazendo parte do nosso quotidiano e garantindo a qualidade, conforto e segurança para as nossas vidas. Mesmo que, por vezes, não tenhamos a perceção nítida dessa vantagem.

Em palco, as peripécias dos atores da Fábrica incluem transformações químicas curiosas e surpreendentes, mostrando como é que processos químicos como a oxidação-redução, precipitação, complexação ou quimioluminiscência acontecem, por vezes, muito perto de nós.
Alunos P. Cardão, 2º ano, e F. Pastor, 3º ano, da E.B. 1 da Senhora do Monte
No dia 12, a minha intervenção na EB1 da Senhora do Monte, consistiu em dar apoio personalizado individual aos alunos com NEE ao nível da autonomia pessoal e das interações interpessoais complexas. A atividade decorreu muito bem pois os alunos conseguiram gerir a ansiedade e o comportamento, bem como manter a atenção/concentração. Estão de parabéns!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Decorar, unindo pontos...

Trabalho da Ana O. do J.I. da Sr.ª do Monte

Trabalho do J.P. da E.B.1 do Pinheiro
Objetivos da actividade: controlar a coordenação óculo-manual, desenvolver a motricidade fina, estimular a comunicação compreensiva, desenvolver a estruturação espacial, desenvolver o sentido estético, aumentar os tempos de atenção/concentração, desenvolver a capacidade de preparar, iniciar e organizar o tempo e o espaço necessários à realização de uma tarefa complexa, de forma a conseguir finalizá-la, estimular a criatividade.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Quando for grande, quero ser...

... jogador de bilhar
Trabalho do aluno J.P. da E.B.1 do Pinheiro
... jogador de futebol
Trabalho do aluno A. da E.B.1 do Pinheiro
... bailarina
Trabalho da aluna Ana O. do J.I. da Sr.ª do Monte
Áreas a trabalhar nesta atividade: Autoestima, Comunicação, Motricidade fina, Atenção/concentração, Tarefas e exigências gerais

terça-feira, 27 de setembro de 2011

De regresso à escola

O A. e o J.P. da E.B.1 do Pinheiro dialogaram sobre as suas férias de Verão e sobre o regresso à escola. Reveram-se regras de segurança, regras de funcionamento da sala de aula e da escola, salientando-se comportamentos de risco a evitar.

Trabalho do aluno A. do 2º ano

Trabalho do aluno J.P. do 3º ano
Objetivos da Actividade: criar um espaço de entendimento, de cooperação, de diálogo, de solidariedade e, sobretudo, de aceitação do companheiro/companheira de escola; distinção entre comportamento de risco/regra de segurança; estimular a motricidade fina e a autonomia pessoal.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Marcha solidária pelas crianças e jovens órfãs de pais que morreram com SIDA - 21 de Junho


Esta marcha solidária realizou-se ontem, dia 21 de Junho, e envolveu toda a comunidade escolar. Esta actividade esteve associada a uma acção de solidariedade para com a Organização "Eu e os meus Irmãos" que apoia crianças e jovens órfãos de pais vítimas de SIDA em Moçambique.

Turma do 5º I, da qual faz parte o meu aluno Rui L.
E como o ano lectivo está a chegar ao fim, despeço-me de todos os seguidores, amigos, pais e alunos com votos de boas férias!
Um bem-haja a toda a escola.
Paula Silva


Objectivos da Actividade: criar um espaço de entendimento, cooperação, diálogo, solidariedade e, sobretudo, de aceitação do companheiro/companheira de escola, criar empatia com o aluno, promover o auto-conhecimento, promover a assertividade.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

3ª Edição do Concurso Literário de Tema Livre na E.B. Padre Donaciano Abreu Freire

Concorri a esta 3ª edição com dois trabalhos produzidos pelos meus alunos com necessidades educativas especiais: um intitulado "O menino que falava notas de música" e o outro intitulado "A Maria invisível".
Os nossos trabalhos não se enquadravam lá muito bem no regulamento de participação, mas lá tentámos a nossa sorte... por sermos diferentes... e especiais! Ora vejamos, não foram usados pseudónimos, uma vez que os encarregados de educação autorizaram a publicação e o uso do nome dos educandos para fins educativos e, dadas as especificidades das crianças, os pequenos textos, foram acompanhados de muuuuiiitas ilustrações... porque uma imagem vale por mil palavras!
A Cristiana e o Sandro, do 5º ano, autores e ilustradores do segundo trabalho, foram bons ajudantes na preparação e organização dos trabalhos: ordenaram as páginas e prenderam-nas com um laço dourado. Depois, foi só colocá-los em envelope fechado.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Ligar actividades sob um tema comum

A leitura da fábula "O leão tolerante e o ratinho brincalhão" permitiu treinar a atenção/concentração, a memória e os conceitos temporais num exercício de ordenação de imagens, de acordo com a sequência da acção da história ouvida.

Trabalho do aluno Frank da E.B.1 da Sr.ª do Monte
Trabalho do aluno Rui Leite do 5º ano da escola Padre Donaciano Abreu Freire

terça-feira, 7 de junho de 2011

Ensinar a Tolerância

A leitura e exploração da fábula "O Leão tolerante e o ratinho brincalhão" foi uma das estratégias que utilizei para trabalhar os Relacionamentos Interpessoais. 

O reforço visual é um auxiliar importante
                      
Dá a tua opinião e reflecte:

Pareceu-te bem o que o leão fez?
Achas que o ratinho agradeceu a tolerância do leão?
O que é para ti ser tolerante?
Com que frequência te comportas como o leão da fábula?
Na escola, os teus colegas são tolerantes? Por que motivo se comportam dessa maneira?
O que será necessário para ser tolerante?
Ser tolerante ajuda-nos a estar melhor com os outros? Porquê?


Objectivos da Actividade: criar um espaço de entendimento, cooperação, diálogo, solidariedade e, sobretudo, de aceitação do companheiro/companheira de escola.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Jogos de concentração

Saliento este jogo da Estúdio Didáctico,da sala de Jardim de Infância da Sr.ª do Monte, para trabalhar diversos conteúdos, tais como a Atenção/Concentração, a Memória e a Aquisição de Conceitos Básicos. Os diversos cadernos com jogos de associação de imagens promovem actividades diferentes:  procurar e comparar, ver e relacionar, aprender a contar, cores e formas, aprender a calcular, identificar e combinar, pensar e associar, jogos de concentração (...)


Sobre o caderno, é colocada uma caixa que permite mover as 6 peças. 
Caderno de Jogos de Concentração
 A Ana O., do J.I. da Sr.ª do Monte,  realizou, com a ajuda da professora, dois dos onze jogos de concentração: indicou o animal que via através do buraco e associou as peças para descobrir as fotografias correctas. A aluna precisou de observar, comparar e classificar atentamente para completar de modo adequado os exercícios. Assim, pôde desenvolver, de forma consistente, a sua capacidade de concentração.

Para verificar se o exercício foi feito correctamente: fecha-se a caixa com a peças  lá dentro e vira-se ao contrário para se verificar se o puzzle cromático e geomético foi concluído.

Na minha opinião, a vantagem destes jogos, para além de serem apelativos e originais, é o facto de serem auto-correctivos, conferindo ao aluno, após algum treino, bastante autonomia. O processo de auto-correcção é também bastante fácil, pois dá um reforço visual (forma e cor). A única desvantagem deste jogos é, sem dúvida, o seu preço!